sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Alimentar-se uma necessidade fisiológica ou Psicológica?

Bom dia,
desculpa pelo sumiço, mas precisei desse tempo pra me entender, como estou sempre ligadinha em vocês, notei que depois de alguns meses de RA ou dieta, todas acabamos tendo esse tempo nebuloso.
Bom não vou escrever muito sobre mim hoje, mas deixo uma matéria muito boa e por ela já da pra ter uma noção do que estou passando... Não adianta eu emagrecer e não ter controle do meu psicológico, vai acontecer como das outras tantas vezes, eu emagreço e não consigo me manter magra. Então ta decidido, vou primeiro emagrecer meu psicológico pra poder emagrecer o corpo definitivamente.
Fiquem firmes, a força de vocês me anima sempre...
AH! Ja ia esquecendo, vou voltar a postar regularmente, chega de desanimo.
Bjssss e ótimo fim de semana.

Alimentar-se uma necessidade fisiológica ou Psicológica?
Quando falamos em alimentação sempre pensamos na fome que temos, mas será que temos fome na mesma proporção que nos alimentamos?
É importante distinguir a fome fisiológica da fome psicológica.
A fome física ou do estômago, é a fome fisiológica, aquela que alimenta, que reabastece o organismo dos vários nutrientes que são necessários diariamente para a sustentação e manutenção de uma vida saudável. 
A fome emocional ou Psicológica é a fome que não tem ligação nenhuma com a sustentação da vida e as necessidades fisiológicas. È aquela que implica tão somente em comer apenas porque a comida está presente, porque alguém se preocupou e preparar o alimento e acredita-se que o alimento deve ser consumido ou até mesmo porque o alimento foi pago e, portanto deve ser consumido para não ser jogado fora. Também é aquela que se come quando e porque se está ansioso, triste, frustrado, feliz entre outras emoções e sentimentos sejam elas boas ou não. Enfim, a fome emocional ou psicológica é aquela que faz com que a pessoa coma mais e cada vez mais, mesmo a pessoa estando satisfeita, chegando às vezes, a ponto de fazer com que a pessoa senti-se mal. Essa é a fome que engorda e que  faz a pessoa se sentir mal. 
Para se ter uma vida física e mental saudável é imprescindível identificar a fome que nos move.  È obrigação da pessoa, manter um corpo saudável, portanto deve-se se alimentar pela fome fisiológica.  É comum ver pessoas obesas e compulsivas terem como base para sua alimentação a fome psicológica aquela que faz com que suas mãos movam-se em busca do alimento mesmo não sendo uma necessidade fisiológica e por isso engordam se frustram e adoecem.  
Quando a pessoa se alimenta porque o organismo solicita alimentos nutritivos para a manutenção dele, ela está se alimentando de forma fisiológica e psicológica simultaneamente. Já o contrário não é verdadeiro, cada vez que a pessoa procura um alimento para sustentar a fome psicológica ela está colocando nutrientes e não nutrientes em seu organismo de forma excessiva o que a levará a um descontrole e desequilíbrio físico e fisiológico, promovendo a surgimento de vários transtornos e doenças. 
Será que estou com fome? 
Por mais simples e sem importância que pareça essa pergunta, para pessoas com transtornos alimentares, como a compulsão alimentar, ela é complexa, porque essa é a base para o  descontrole emocional e psicológico, pois muitas das vezes, a sensação de fome do estômago significa,  para o compulsivo passar privações, ser restringido, punido e esse indivíduo associará esses sentimentos e sensações com o ato de se alimentar,  na tentativa de buscar compensações emocionais  e saciar não a fome fisiológica e sim a fome emocional. 
Se pensarmos na alimentação de um bebe observaremos com clareza o que vem a ser fome fisiológica, o bebe a sentir a necessidade de alimentar-se porque seu organismo necessita de nutrientes para manutenção de saúde física ela emite o comportamento de choro, sinalizando sua fome. O bebe não se aliemeta mais do que deseja seu corpo.  Infelizmente no curso da vida, muitas vezes a criança é compelida a se alimentar de maneira inadequada. Muitas vezes os familiares acham que a criança está magra e acabam colocando comida na boca da criança e a obriga a comer de forma inadequada, muitas vezes fazendo trocas, propondo acordos, e é nesse processo que a criança vai aprendendo a se alimentar de forma errada. 

Para restabelecer a maneira de se alimentar de forma adequada é necessário:
1- Saber identificar a fome fisiológica e aguardar a fome fisiológica;
2- Evitar ter horários certos para alimentar-se e nesses horários tentar alimentar-se com quantidade a perdurar até o próximo horário;
3- Evitar pensar em fazer dieta “quando sentir a fome física, não se prive. A privação leva à compulsão alimentar”.
4- Abandone a idéia de acompanhar as tabelas calóricas e tabelas alimentares, sua referência deve ser sempre a referência interna (perceba sua necessidade);
5- Perca o temor de achar que você não é capaz de alimentar-se dessa maneira, não se puna se vez ou outra fugir a regra. Aprenda com seus próprios erros, restabeleça o equilíbrio. Lembre-se: Muitos compulsivos não se permitiram esperar sentir fome física, pois ressentem ter de confiar em si mesmos para sua nutrição, o que é normal, pois quantas dietas eles já iniciaram e não foram capazes de chegar ao final, ou quando chegavam, voltavam a comer compulsivamente e a engordar.
6- Lembre-se quanto mais experiências positivas no processo de alimentação, o comer de forma adequada, você tiver, maior efeito cumulativo você terá o que resultará em diminuição da compulsão e conseqüentemente na redução do peso excessivo e melhor qualidade de vida. 

Restabeleça sua rotina alimentar de forma adequada, lembre-se restabeleça a ligação entre alimento e fome, sentimentos e comportamento. Portanto, evite procurar comida quando não estiver com fome, e se permitir comer quando tiver fome física, sem restrições alimentares, sem dietas proibitivas, sem procurar jogar suas frustrações, sentimentos negativos, culpas no seu processo de alimentação. Adote uma postura positiva frente a você mesmo.

9 comentários:

  1. Aiii já imaginou eu magrinha com minha casa mobiliada?? ummm sonho!!!! Vou investir nas caminhada e andar de bike nos fins de semanas.
    Muito boa a matéria vou tentar me perguntar se estou com fome, acho que a resposta será sempre sim,rss
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Rafa, que bom que voltou!!
    Ótima reportagem, vou me policiar mais neste aspecto, me conhecer melhor... não é uma tarefa nada fácil, acho que temos que estar meio evoluídas...rsrsrsr... mas acho que a gente consegue chegar lá!!

    Beijos e um excelente Final de Semana!!

    ResponderExcluir
  3. Que bom que vai voltar depois desse tempinho merecido de análise sobre o que vc quer e como vai realizar seus objetivos.

    To sempre por aqui ;)

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Adoreeei o post!! vou imprimir aqueles 6 tópicos e pregar na geladeira pra nunca esquecer! ahuehuaheuhaueh

    infelizmente a minha fome é sempre mais psicológica que fisiológica... mas estou trabalhando pra mudar isso ;D

    bjos bjos

    ótimo finzinho de sexta pra você

    ResponderExcluir
  5. Ai que bom que você se lembrou de mim... Voltei pra MS só que dessa vez tou em Campo Grande, mas confesso que queria muito ir a Corumbá, mas acho que dessa vez não vai dá... Fiz algumas amizades ai que não esqueço delas jamais, pena que não nos conhecemos, mas acredito que ano que vem eu volte novamente e espero poder te conhecer. E vamos juntas nessa luta contra a balança!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Rafa!!
    Tudo bem, no proximo desafio vc participa, mas nao some do blog nao!! :-)
    E que bom que vai voltar a postar regularmente!! O texto esta certissimo, temos que emagrecer primeiro na mente........
    Beijinhos e otimo findi light!

    ResponderExcluir
  7. Oi Rafa!!!
    Creio que vc tem o mesmo medo que eu, o do efeito sanfona, não adianta querer emagrecer pensando que vai poder comer de tudo, isso é pensar gordo.
    Mas vamos que vamos juntas sem medo hein!!!

    ResponderExcluir
  8. Amiga, com certeza emagrecer é de dentro para fora, primeiro você deve emagrecer seus pensamentos para depois emagrecer sue corpo.

    Vai lá no meu blog depois, eu fiz um antes e um depois básico e queria sua opinião, ok!

    ResponderExcluir
  9. BOM DIA AMIGA LINDA!

    PASSANDO PRA TE DESEJAR UMA MARAVILHOSA SEMANA, CHEINHA DE COISAS BOAS!

    BJOS

    ResponderExcluir

VOU AMAR RECEBER SEU COMENTARIO, COMENTE SEMPRE!!!!

Páginas

Pantanal - MS

Pantanal - MS
Foto tirada pelo meu amor num dia de pescaria.